domingo, 10 de março de 2013

ninguém pode entender a dor

foto: Luis Borges


em pedra se tornou o deus
- falo erecto em medo –
e em fuga estão as nuvens,

à pressa põe seu luto branco
o céu, e de tão amplo o vazio
abre a porta ao desespero:

ninguém pode entender a dor
por uma cria que não volta,
reza que deixa sem fim o horizonte

Amadeu Ferreira